quinta-feira, julho 03, 2014

Eros

Quando fui preso ao doce começo
De uma doçura tão docemente doce...
(Suave foi a flechada)



Depois, ai, depois desse doce começo, depois dessa doçura tão docemente doce, depois dessa suave flechada, deixo aqui o belo poema, Da maneira mais simples, de Eugénio de Andrade.

É apenas o começo. Só depois dói,
e se lhe dá nome.
Às vezes chamam-lhe paixão. Que pode
acontecer da maneira mais simples:
umas gotas de chuva no cabelo.
Aproximas a mão, os dedos
desatam a arder inesperadamente,
recuas de medo. Aqueles cabelos,
as suas gotas de água são o começo,
apenas o começo. Antes
do fim terás de pegar no fogo
e fazeres do inverno
a mais ardente das estações.

Well: "Winter is coming soon!"


[Primeiro poema: Les Amours. Pierre de Ronsard, 1524-1585]
[Painting: Young girl defending herself against Eros (1880), William-Adolphe Bouguereau, 1825-1905]

Nenhum comentário: