domingo, agosto 20, 2006

Rosa Meditativa - Salvador Dali

3 comentários:

Marília Côrtes de Ferraz disse...

Eu mesma resolvi fazer um comentário sobre essa rosa meditativa. Pensei o seguinte: por que eu a coloquei aqui? Primeiro, evidentemente, pela beleza da obra. Na verdade eu queria incluí-la no recorte que fiz dos Fregmentos de um discurso amoroso, logo abaixo da página. Achei que essa rosa, tão meditativa e amorosa, ilustraria muito bem tal discurso. Mas não deu, por problemas técnicos recorrentes, não consegui incluir a imagem no post. Depois, percebi que por falta de tempo de acrescentar novos textos, a rosa ficou ali, paradona no ar. E acabei me identificando mais ainda com ela. Em relação ao blog (não ao meu dia a dia, que não me permite ficar assim paradona no ar) foi assim que fiquei. Num verdadeiro stop, até que o tempo me desse uma nova brecha para eu dar atenção a ele. Bom... é isso, de vez em quando vou imitar essa rosa.

Marília Côrtes de Ferraz disse...

Digo... Fragmentos

Diego F. G. F. disse...

A rosa parece muito interessante; venho ao blog depois de varios tempo e é a primeira a postagem que comento. por que sera?
Talvez por que ela seja 'apenas' e 'tão somente' uma rosa. Ela não espera nada de você, apenas que você lhe de atenção.
Assima de tudo é uma obra de arte, e as pessoas dificilmente podem criticar o que você pensa sobre uma obra de arte, por que isso é particular e não precisa de argumentação. De uma certa forma, acho que essa obra espressa exatamente isso; Liberdade.
A rosa esta no centro, e ao mesmo tempo desconnexa de tudo, ela parece estar tão intimamente ligada com sigo mesma, e tão desligada do mundo, que até penso que ela realmente representa a meditação numa serta profundidade de seu aspecto, o quadro remete a sensaão de meditar, e isso não posso expressar.

Meditem, pelo menos uma vez na vida.