terça-feira, julho 21, 2015

O insuportável peso do ser

"Will"

[Photography by Tommy Ingberg]


alce esse voo
ice essa âncora
lance-se ao sombrio céu que te aguarda
voe
e leve 
leve contigo 
o insuportável peso do ser





A imagem acima é uma daquelas que julgo impactantes e que, por isso, salvo em meus arquivos. Tenho imagens guardadas há tempos, ali, em banho-maria, fomentando ideias e pensamentos. Quando vi essa foto, arquivei-a imediatamente. Fiz uma pesquisa sobre o autor e vi vários trabalhos dele, todos perturbadores, inquisitivos, surreais. Sempre que abria meus arquivos, ficava ali, a contemplá-la, cheia de perguntas do tipo: o que será que o cara quis dizer com ela? Qual o sentido, a razão e/ou o seu significado? Escrevi muitas coisas a partir daí. Mas deletei quase tudo (é comum que eu faça isso).  Achei que me excedi, pois uma imagem, assim, tão impactante, talvez não careça de uma única palavra. Bom, mas eu não vivo sem palavras. Sou uma enamorada delas. Uma enamorada da linguagem, do discurso verbal, poético, e não apenas imagético. Então, para conter minha natureza verbal excessiva (e aqui sei que já estou a me exceder), comecei a tentar tornar as ideias e sentimentos que ela suscitava em mim, mais condensados e sintéticos. That's it! 

[mais trabalhos deste autor podem ser encontrados em http://www.ingberg.com/ ]

Nenhum comentário: