sábado, dezembro 02, 2006

Não desistam de mim...


Gente! Estou mesmo de pernas para o ar, mas não desistam de mim. Apesar de estar sendo esmagada pelo tempo, ou melhor, pela falta de tempo, eu não desisti de escrever para vocês. Sei que estou a dever, mas eu pagarei (não sei quando, mas será logo). Só preciso de um tempo para recuperar o fôlego (e o próprio tempo). Sabem como é, conforme eu já disse lá embaixo, pensar dá trabalho, escrever então... nem se fala. E requer o implacável tempo, esse dono do mundo, como diz o Dr. Fantástico! Aguardem-me, please!
Beijos.

2 comentários:

Aguinaldo Pavão disse...

eu não desistirei.
bj.

Marília Côrtes de Ferraz disse...

Agui... que bom! ao menos um leitor eu terei rsrsrsrs... e um que vale por 1.000. bj.

Corrigindo: descobri outro dia que o Dr. Fantástico chama o tempo de dono da vida, e não dono do mundo(como eu havia dito). Sorry!